empresa

produtos

novidades

projetos

As mulheres Kaiapós mantêm até hoje a tradição da pintura corporal nas cores vermelha (urucum) e preta (genipapo) para várias ocasiões e com vários temas diferentes (pintura da chuva, do jabuti, da criança, da cuia, da cobra, entre outras).

Em junho de 2007, desenvolveu-se um trabalho com as mulheres Kaiapó. Projeto Menire (Menire = Mulher em Kaiapó), coordenado pela indigenista Carmen Figueiredo, onde as pinturas corporais foram parar em lonas que se transformaram em bolsas, sacolas, necessaires e malas, todas exclusivas, únicas e assinadas pelas índias.

Seguiram viagem ao Sul do Pará Cristiana Pereira Barretto para acompanhar e coordenar a pintura em tecido e Chris Cunali para desenvolver e coordenar a produção de miçangas que se transformaram em jóias. Para registrar o trabalho, o fotógrafo Rui Faquini.

O resultado está nas fotos.

projeto menire